Posted by admin on 15 de outubro de 2010 with No Comments


O que é Espiritismo? 

  

     É o conjunto de princípios e leis, revelados pelos Espíritos Superiores, contidos nas obras de Allan Kardec, que        constituem a Codificação Espírita.
O estudo dessas obras é fundamental para o correto conhecimento da doutrina Espírita, onde destacamos:
 

    1- O Livro dos Espíritos,
2- O Evangelho Segundo o Espiritismo,
3- O Livro dos Médiuns,
4- O Céu e o Inferno,
5- A Gênese,
6- Revista Espírita,
7- O que é o Espiritismo ?
8- O Espiritismo em sua expressão mais simples,
9- Viagem Espírita de 1862,
10- Obras Póstumas.
 

     É o Consolador prometido, que veio, no devido tempo, recordar e complementar o que Jesus ensinou, “restabelecendo todas as coisas no seu verdadeiro sentido”, trazendo, assim, à Humanidade as bases reais para sua espiritualização. 

        

      O que revela? 

  

  - Revela conceitos novos e mais aprofundados a respeito de Deus, do Universo, dos Homens, dos Espíritos e das Leis que regem a vida.
- Revela, ainda, o que somos, de onde viemos, para onde vamos, qual o objetivo da existência terrena e qual a razão da dor e do sofrimento.
 

  

      Qual a sua abrangência? 

  

     Trazendo conceitos novos sobre o homem e tudo o que o cerca, o Espiritismo toca em todas as áreas do conhecimento, das atividades e do comportamento humano, abrindo uma nova era para a regeneração da humanidade.
Pode e deve ser estudado, analisado e praticado em todos os aspectos fundamentais da vida, tais como:
 

      – Científico,
- Filosófico,
- Religioso,
- Ético,
- Moral,
- Educacional,
- Social.

  

        O que o Espiritismo responde? 

  

    O Espiritismo responde as questões fundamentais que perguntamos em nossa vida, quando verificamos tanta desigualdade e tantos destinos diferentes, tais como: 

         – Por que algumas pessoas nascem ricas e outras pobres? 

         – Por que alguns nascem cegos, surdos, mudos, paralíticos, débeis mentais, etc.,               enquanto outros nascem saudáveis e inteligentes? 

         – Por que de um modo geral algumas pessoas sofrem mais que outras? 

         – Por que uns, que são tão maus, sofrem menos que outros, que são bons? 

         – Por que Deus permite tamanha desigualdade entre seus filhos? 

         – Porque há tanta desgraça e sofrimento no mundo superando sempre a alegria? 

         - Onde esta nisso a justiça de Deus? 

  

        O que o Espiritismo ensina?  

        Alguns pontos fundamentais: 

     – Deus é a inteligência suprema, é o Criador e causa primária de todas as coisas. É eterno, imutável, imaterial, único, onipotente, soberanamente justo e bom.  

     – O Universo é criação de Deus. Abrange todos os seres racionais e irracionais, animados e inanimados, materiais e imateriais. 

    –   Além do mundo corporal, habitação dos Espíritos encarnados (Homens), existe o mundo espiritual, habitação dos Espíritos desencarnados.  

    -   No Universo há vários mundos habitados, com seres de diferentes graus de evolução: iguais, mais evoluídos e menos evoluídos que os homens. 

    -  Todas as leis da Natureza são leis divinas, Deus é o seu autor. Abrangem tanto as leis físicas como as leis morais.  

    -  O Espírito é o principio inteligente da criação, que povoa o universo, criado por Deus simples e ignorante, evoluem intelectual e moralmente pelo seu próprio esforço. 

    -  Os Espíritos preservam sua individualidade, antes, durante e depois de cada encarnação.  

    -  O homem é um Espírito encarnado em um corpo material. 

    -  Quando o Espírito está na vida do corpo material, dizemos que é uma Alma, um Espírito encarnado. 

    -  Quando nasce, dizemos que reencarnou; quando morre, desencarnou.      Reencarnação:

 Espírito criado simples e ignorante é quem decide e cria seu próprio destino, ele é dotado de livre-arbítrio, ou seja, capacidade de escolher entre o bem e o mal, respondendo pelas conseqüências de suas ações, onde aqui se explica a lei de “ação e reação”, “causa e efeito”.
Desse modo, reencarnando e tendo seu livre-arbítrio ele tem possibilidade de se desenvolver, evoluir aperfeiçoar-se, tornando-se cada vez melhor, mais perfeito evoluindo sempre. Em suas múltiplas existências corpóreas o Espírito pode estacionar, mas nunca regride. A rapidez do seu progresso,  intelectual e moral, depende dos esforços que faça para chegar à perfeição.

 

    -  A vida futura reserva aos homens penas e gozos compatíveis com o procedimento de respeito ou não à Lei de Deus.  

    -  Os Espíritos reencarnam tantas vezes quantas forem necessárias ao seu próprio aprimoramento.  

    -  Os Espíritos pertencem a diferentes ordens, conforme o grau de perfeição a que tenham alcançado:  

                            -  Espíritos Puros, que atingiram a perfeição máxima; 

                            -  Bons Espíritos, nos quais o desejo do bem é o que predomina;  

                           -  Espíritos imperfeitos, caracterizados pela ignorância, pelo desejo do mal e pelas paixões inferiores. Nós, que encarnamos neste Planeta Terra estamos nesta ordem, não sabemos quantas encarnações já tivemos, e muito menos quantas teremos ainda, no entanto teremos muitas e muitas encarnações até alcançarmos a moral necessária para tornarmos Espírito puro.  

    -  Nem todas encarnações se verificam no Planeta Terra. Existem mundos superiores e inferiores ao nosso.
O Universo é infinito e como Jesus já dizia “ na casa de meu Pai há muitas moradas.”
 

  

      Esquecimento do Passado; 

  

    -  O esquecimento das vidas passadas, na vida presente, é uma necessidade justificada para que a alma evolua no cumprimento de suas provas reencarnatórias, e nisso está a sabedoria de Deus . 

    -  Se lembrássemos do mal que fizemos ou dos sofrimentos que passamos, não conseguiríamos viver e conviver com aqueles que nos prejudicaram ou daqueles a quem prejudicamos. 

    -  Por muitas vezes os inimigos do passado são hoje são nossos filhos, nossos irmãos, nossos pais, nossos parentes ou amigos, que presentemente se encontram junto de nós para a reconciliação. Por isso, existe a reencarnação.  

    -  A reencarnação, desta forma, é uma oportunidade de reparação, como é também, oportunidade de devotarmos nossos esforços pelo bem dos outros, apressando nossa evolução espiritual. 

    -  Quando reencarnamos, trazemos um “ plano de vida “, compromissos assumidos perante a Espiritualidade e perante nós mesmos, e que dizem respeito à reparação do mal e à prática de todo o bem possível. 

    -  Dependendo de nossas condições espirituais, podemos ou não ter escolhido as provas, os sofrimentos, as dificuldades que provarão nosso desenvolvimento espiritual.  

    -  A reencarnação, portanto, como mecanismo perfeito da Justiça Divina, explica-nos porque existe tanta desigualdade de destino das criaturas na Terra. 

            A finalidade da vida na Terra é, portanto: 

          1- para expiarmos o mal praticado, reparando nossos erros;
2- para provarmos ou medirmos nosso grau de evolução, ante as dificuldades da vida;
3- para ajudarmos a humanidade e exemplificarmos o bem diante dos outros;
4- para desempenharmos missão especial, no caso de espíritos elevados que prestam grandes
serviços à humanidade.
 

  

           Pelo mecanismo da Reencarnação, verificamos que Deus não castiga.  

Somos nós os causadores dos próprios sofrimentos, pela lei de “ação e reação”.  

  

  

     O Espiritismo = O Consolador prometido por Jesus: 

Se vós me amais, guardai meus mandamentos: e eu pedirei ao meu Pai, e ele vos enviará um outro Consolador, a fim de que permaneça eternamente convosco:  O  Espírito  de  Verdade que o mundo não pode receber, por que não o vê e não o conhece. Mas, quanto a vós, vós o conhecereis, porque permanecerá convosco e estará em vós. Mas, o Consolador, que é o Santo Espírito, que meu Pai enviará, em meu nome, vos ensinará todas as coisas e vos fará relembrar de tudo aquilo que eu vos tenho dito.”    ( Jesus ).  

                           Evangelho de João, Cap. XIV , v. 15 à 17. 

    -   Jesus é o guia e modelo para toda a Humanidade. E a Doutrina que ensinou e exemplificou é a expressão mais pura da Lei de Deus.  

    -   A moral do Cristo, contida no Evangelho, é o roteiro para a evolução segura de todos os homens, e a sua prática é a solução para todos os problemas humanos e o objetivo a ser atingido pela humanidade.  

    -   A prece é um ato de adoração a Deus. Está na lei natural, e é o resultado de um sentimento inato do homem, assim como é inata a idéia da existência do Criador.  

    -   A prece torna melhor o homem. Aquele que ora com fervor e confiança se faz mais forte contra as tentações do mal e Deus lhe envia bons Espíritos para assistí-lo. É este um socorro que jamais lhe é recusado, quando pedido com sinceridade.  

    -   As relações dos Espíritos com os homens são constantes, e sempre existiram. Os bons Espíritos nos atraem para o bem, nos sustentam nas provas da vida e nos ajudam a suportá-las com coragem e resignação.
Os imperfeitos nos impelem para o mal.
Jesus nos disse “Vigia e Orai.“
 

  

           Prática   Espírita 

    -  Toda a prática espírita é gratuita, dentro do princípio Moral do Evangelho: “Dai de graça o que de graça recebestes”.  

    – A prática espírita é realizada sem nenhum culto exterior, dentro do princípio cristão de que Deus deve ser adorado em espírito e verdade.  

    -  O Espiritismo não tem corpo sacerdotal, não adota e nem usa em suas reuniões e em suas práticas: nenhum adorno ou enfeites, velas, incenso, fumo, talismãs, amuletos, altares, imagens, não faz procissões, sacramentos, concessões de pecados, não lê búzios, cartas, “jogos de azar em geral”, não se faz uso de pirâmides, cristais, rituais, bebidas alcoólicas ou quaisquer outras formas de culto exterior.  

    -  O Espiritismo não impõe os seus princípios. Convida os interessados em conhecê-lo a submeter os seus ensinos ao crivo da razão antes de aceitá-los.  

    -  A mediunidade, que permite a comunicação dos Espíritos com os homens, é um dom que muitas pessoas trazem consigo ao nascer, independentemente da diretriz doutrinária de vida que adote.  

    -  Prática mediúnica espírita só é aquela que é exercida com base nos princípios da Doutrina Espírita e dentro da moral cristã.  

    – O Espiritismo respeita todas as religiões, valoriza todos os esforços para a prática do bem, trabalha pela confraternização entre todos os homens independentemente de sua raça, cor, nacionalidade, crença ou nível cultural e social, e reconhece que “o verdadeiro homem de bem é o que cumpre a lei de justiça, de amor e de caridade, na sua maior pureza”.  

  

          Fé  Raciocinada 

  

    -  Temos que ter fé raciocinada, para podermos crer numa verdade, antes de mais nada, precisamos compreender aquilo em que devemos crer.  

    -  A crença sem raciocínio não passa de uma crença cega, de uma crendice ou mesmo de uma superstição.  

    -  O ato de crer em alguma coisa demanda a necessidade do sentimento e do raciocínio, para que a alma edifique a fé em si mesma.  

    -  Admitir as afirmativas mais estranhas, sem um exame minucioso, pesquisa e entendimento é caminhar para o desfiladeiro do absurdo. 

    -  Antes de aceitarmos algo como verdade, devemos analisá-lo e estudá-lo bem. 

    -  Fé sempre acompanhada de raciocínio = Fé raciocinada. 

    -  Aquela que é sustentada pela verdade, das leis da física e da ciência. 

  

  

                      “ Quem não usa a razão é fanático ,
quem não sabe raciocinar é facilmente iludido,
e quem não se permite utilizar a própria consciência
e percepção é um eterno escravo.”
 

  

   

    

  

   

A Codificação do Espiritismo

 

Cinco são os livros básicos do Espiritismo e constituem o “Pentateuco Kardequiano”. Neles, Allan Kardec reuniu os ensinamentos que os Espíritos Superiores trouxeram, com a ajuda de médiuns com quem trabalhou diretamente e de numerosos outros, através da vasta correspondência que mantinha em todos os continentes.

O Livro dos Espíritos” – publicado em 1857 (18 de abril).

É o livro básico do Espiritismo. Enfeixa os aspectos fundamentais da Ciência, Filosofia e Moral Espírita. Contém, no dizer do próprio Codificador, “os princípios da Doutrina Espírita sobre a imortalidade da alma, a natureza dos espíritos e suas relações com os homens, as leis morais, a vida presente, a vida futura e o futuro da Humanidade”.

Na sua composição, que abrange 4 capítulos, Allan Kardec adotou o método de perguntas por ele elaboradas a serem respondidas pelos Espíritos Superiores.

Além das questões, o texto é freqüentemente enriquecido com comentários e preciosos resumos escritos por Rivail.

A primeira edição tinha 501 perguntas: a segunda, completa e definitiva, apresentava 1019, mas, na realidade, continha apenas 1018, pois, saltaram o número 1011 (à pergunta 1010 segue-se a 1012). Nas edições brasileiras, o número das perguntas, varia segundo a editora (1018 ou 1019).

O Livro dos Médiuns” – publicado em 1861.

Estuda a mediunidade em seus múltiplos aspectos, orienta sobre seu desenvolvimento, uso, dificuldades e prática. Consolida os ensinamentos da doutrina pelo ângulo da experimentação científica.

O Evangelho Segundo o Espiritismo” – publicado em 1864.

A primeira edição teve o título: “Imitação do Evangelho”. As seguintes foram impressas com o título definitivo.

Com a ajuda de vários médiuns de inúmeras procedências e dos Espíritos, Kardec estuda os ensinamentos morais dos quatro Evangelhos, à luz do Espiritismo, dispondo-os didaticamente em 27 capítulos. Em cada capítulo, agrupa as citações dos evangelistas de acordo com o tema e, a seguir, esclarece o assunto segundo o ponto de vista do Espiritismo e transcreve mensagens de Espíritos Superiores, escolhidas de acordo com a matéria em estudo, dentre as milhares recebidas em vários países, durante alguns anos.

Obra basilar da Doutrina Espírita (que é o “Cristianismo redivivo”) possui incomensurável beleza, cujo verdadeiro alcance ainda estamos longe de conhecer.

O Céu e o Inferno” – publicado em 1865.

Aborda o problema de destino e da dor. Estuda de forma clara, precisa e lógica o prêmio, o castigo, as penas eternas e a Lei de Causa e Efeito, que demonstra a Justiça Divina, esclarece e consola os aflitos.

A Gênese” – publicada em 1868.

Estuda nossas origens, abrangendo a constituição planetária, orgânica e espiritual. Em seu último capítulo, aborda os milagres e as predições de Jesus.

Após a desencarnação de Kardec, a viúva autorizou a publicação de algumas anotações do Codificador nas quais contava fatos ocorridos no decorrer de seu trabalho missionário e apontamentos de ordem doutrinária. Esse livro recebeu o título:

Obras Póstumas” – publicado em 1890.

Além dessas obras básicas da Codificação do Espiritismo, Kardec publicou onze livros de cunho mais popular e resumido. Manteve vasta correspondência com adeptos e interessados na Doutrina, em todo o mundo.

Merece especial destaque a “Revista Espírita“, publicação mensal escrita em grande parte pelo próprio Kardec. Ela é um repositório de informações sobre o Espiritismo, transcrevendo, com freqüência, escritos mediúnicos que lhe chegavam de todas as partes. Esteve sob a orientação e responsabilidade de Kardec desde seu primeiro número (janeiro de 1858) até o seu desenlace (março de 1869).

Nessa revista o Mestre apontava “os princípios novos” que dessa forma eram entregues ao estudo dos espíritas e, posteriormente, recebia sugestões e apontamentos sobre questões não completamente esclarecidas, que muito o ajudavam na afirmação de novos aspectos doutrinários.

Do livro: Tire suas dúvidas – Grandes Temas Espíritas
Autor: Homero Moraes Barros
Editora Didier

 

 

O Livro dos Espiritos / Allan Kardec :

 

 

 

O Livro dos Mediuns  / Allan Kardec :

 

O Evangelho Segundo o Espiritismo  / Allan Kardec:

 

O Céu e o Inferno / Allan Kardec:

 

A Gênese / Allan Kardec:

 

 

Recomende este Site.

 

next page »

.:Musicoterapia

    Abra o Seu coração   Buscai   Se eu fosse uma estrela   Terceiro Milênio   A Música é uma Linguagem Universal. A música de Harmonização é um diálogo direto entre quem canta, quem ouve e Deus o Criador de...

No trackbacks yet.

Posts with similar tags

No post with similar tags yet.

Posts in similar categories

No post with similar categories yet.

Bem Vindo Ao nosso Site

Esperamos que você consiga encontrar respostas para suas perguntas!